Skip to content Go to main navigation Go to language selector

Saab Aeronáutica Montagens

Em 2018, a cidade de São Bernardo do Campo, município da Região Metropolitana de São Paulo que integra o Grande ABC paulista, recebeu a fábrica de aeroestruturas da Saab, a Saab Aeronáutica Montagens. Lá serão produzidas fuselagens dos caças nas versões monoposto e biposto da Força Aérea Brasileira (FAB) para dar continuidade à inovação no Brasil.

sam_factory.jpg

Em 09 de maio de 2018, foi dado início à implantação da fábrica brasileira de aeroestruturas através da inauguração das suas instalações em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo.

Com uma área de 5 mil m2 e tendo iniciado a operação industrial em junho de 2020, no local é feita a produção de aeroestruturas do Gripen E e F, como o cone de cauda, freios aerodinâmicos, caixão das asas, fuselagem traseira e a fuselagem dianteira.

O time é de aproximadamente 60 funcionários, sendo a maior parte de brasileiros que passaram por treinamentos na Suécia por períodos que variaram de 12 a 24 meses de duração. Pelos próximos dois anos, a Saab manterá no local uma equipe de suecos para auxiliar na transferência de tecnologia.

A Saab Aeronáutica Montagens já integra a cadeia de fornecimento global da Saab parao Gripen E e F, sendo que de São Bernardo do Campo sairão as aeroestruturas que vão equipar os exemplares da FAB e de forças aéreas de outras nações. No futuro, também poderá receber projetos e encomendas de outros programas aeronáuticos de alta complexidade, incluindo estruturas maiores, como da aviação comercial.

 "Estabelecer a produção dos caças Gripen no Brasil para apoiar a continuidade do programa faz parte do nosso comprometimento, assim como criar novos empregos e apoiar o desenvolvimento da indústria de defesa local", explicou Mikael Franzén, Vice-Presidente de Marketing and Sales na Saab Aeronautics, quando a fábrica foi instalada no país em 2018.

A fábrica brasileira trabalha com os mesmos ferramentais, softwares, conceitos e tecnologias utilizadas na produção do Gripen em Linköping. Da mesma forma, em todas as estações de fabricação das aeroestruturas, os técnicos e engenheiros trabalharão com o apoio de sistemas de informática, o que dispensa o uso de qualquer tipo de documentação em papel na área fabril.

Em janeiro de 2020, um grupo formado por engenheiros e montadores da Saab Aeronáutica Montagens entregou a primeira fuselagem traseira de produção seriada do Gripen E sueco, como parte do programa de treinamento prático em Linköping. Os brasileiros que estão aprendendo e trabalhando na produção da fuselagem traseira do caça serão os mesmos que darão início à produção de aeroestruturas quando retornarem ao Brasil, na produção da fábrica em São Bernardo, com o suporte dos especialistas suecos.

"Embora inicialmente a fábrica esteja focada em entregar as aeroestruturas dos caças da Força Aérea Brasileira, ela poderá futuramente atuar na produção de aeroestruturas do Gripen para outros países e também para o setor de aviação comercial, gerando novos aprendizados e oportunidades de emprego na região, em posições de alta qualificação" disse Marcelo Lima, diretor-geral da fábrica.

A fábrica é moderna, dedicada à produção de aeroestruturas para aeronaves de alto desempenho, e visa atender o mercado aeronáutico global a longo prazo. Ser lembrada pela qualidade de sua produção e pela mão de obra é um fato que enobrece uma região e pode, inclusive, atrair novos negócios.