Skip to content Go to main navigation Go to language selector
Saab 2000 AEWC

IDAS

2 min read

Em conflitos de baixa intensidade ou em guerras convencionais, forças aéreas envolvidas num cenário tático podem sofrer ameaças das defesas antiaéreas do inimigo, desde mísseis mais simples e de curto alcance guiados por calor até sistemas mais sofisticados e orientados por radares.

Para os pilotos de aviões e helicópteros, o alerta antecipado e preciso sobre o tipo de ameaça e a sua direção é essencial para evitá-las.

O IDAS, da Saab, é a solução que integra sensores para operação em diversos tipos de ambientes.

O sistema é composto por três sensores. O LWS-310, que alerta a tripulação sobre qualquer emissão de laser contra a aeronave, fornecendo a sua classificação, direção e tipo, como designadores ou laser de armas portáteis. O RWS-300 adverte sobre emissões de radares que estejam detectando a aeronave, identificando a sua origem e se está em solo, num navio ou embarcado em um avião. Já o MAW-300 é capaz de detectar um míssil disparado a grande distância, advertindo sobre a sua trajetória e direção.

Por estarem integrados, os sensores trabalham em conjunto e podem acionar de maneira automática as contramedidas eletrônicas, como os lançadores de chaff e flare para despistar mísseis guiados por radar e calor, respectivamente.

Esses lançadores também fazem parte da solução IDAS, que está em uso, entre outros países, no Brasil.