Skip to content Go to main navigation Go to language selector
Carl-Gustaf M4

Entenda como atender as necessidades do combatente individual e das forças armadas como um todo

4 min read

O cenário militar está em constante mudança, colocando as forças armadas sob enorme pressão para armar e treinar seus soldados com o armamento mais avançado. Sem dúvida, seria um erro enviar tropas à guerra sem antes fornecer-lhes a melhor tecnologia e assegurar que confiem plenamente na sua capacidade de usá-la efetiva e decisivamente em qualquer situação.

“Mesmo com a falta de informações, estresse elevado ou carência de sono, você deve ter a confiança de que pode lidar com a situação”, disse Stefan Slycke, head de Suporte Técnico de Vendas na unidade Ground Combat da Saab. “Possuir sistemas de armas com os quais você possa contar oferece ao soldado a confiança necessária no campo de batalha”, completou.

Os exércitos podem ser divididos em duas categorias intimamente relacionadas: o combatente individual e a força como um todo. Ainda que esses grupos compartilhem muitos dos mesmos objetivos e necessidades, há diferenças sutis a se considerar. Confira a seguir como atender às necessidades de ambos.

Apoiando todos os soldados

Soldados são pessoas sob enorme pressão que agem nas circunstâncias mais extremas. Imagine que está na linha de frente. O inimigo se aproxima. Explosões ocorrendo por todos os lados. Você pega a sua arma para atacar, mas ela é pesada e o mecanismo de carregamento é antiquado, fazendo com que você perca segundos valiosos e dê a vantagem ao seu oponente. Esse cenário não pode ser tolerado.

O soldado já tem muito equipamento para carregar, então deseja que os sistemas sejam flexíveis, leves e fáceis de manusear. Certamente, ele também precisa de um armamento de efeito potente, no campo de batalha.

Slycke acredita que, após mais de 70 anos de desenvolvimento, o Carl-Gustaf® conquistou seu lugar como favorito entre as tropas de infantaria.

“É totalmente manobrável e comprovado em combate. O sistema propicia, aos soldados, a tranquilidade de saberem que estão protegidos, permitindo que mantenham o foco na missão em vez de se preocuparem se a sua arma funcionará ou não”, explicou o executivo.

As forças terrestres estão particularmente expostas e não possuíam antes qualquer tática viável contra viaturas blindadas de combate, a não ser retirar-se do campo de batalha. Felizmente, soluções como o Nova Geração de Arma Anticarro Leve (NLAW – Next Generation Light Anti-Tank Weapon) proporcionam aos soldados uma maneira de transformar defesa em ataque.

Usando guiamento por linha de visada predita, o NLAW pode atacar os pontos fracos de uma viatura militar com efeito devastador. Além disso, a suavidade do seu lançamento é eficaz até mesmo em espaços confinados.

AT4

Impulsionando as forças armadas adiante

Generais, oficiais de alto escalão e aqueles que precisam ter uma perspectiva mais ampla ecoam as demandas do combatente individual, com várias preocupações práticas adicionais. Eles demandam equipamentos que exijam o mínimo de treinamento e equilibrem efetividade, custo e facilidade de uso.

Para essa finalidade, uma das famílias de armas anticarro mais bem-sucedidas no mercado é o AT4, um lançador descartável que permite que um único soldado destrua viaturas blindadas com facilidade.

Slycke diz que o AT4 é popular por ser leve, de baixo custo e simples de usar. “Os oficiais sabem que podem, rapidamente, armar frações inteiras com poder de fogo suficiente para derrubar prédios, afirmou o executivo. “Além disso, toda a família AT4 utiliza a mesma interface, então, quando um soldado se familiariza com um membro, as habilidades podem ser facilmente transferidas para os outros”, completou.

De acordo com Slycke, equilibrar as diferentes necessidades do combatente individual e da força como um todo não é fácil, mas ele insiste que isso é essencial para garantir a vitória em combate.

“O desafio é criar soluções que sejam poderosas, portáteis, econômicas e fáceis de usar. “Somente atuando em todas essas áreas é que poderemos nos certificar de que os exércitos alcancem a capacidade de atingir seus objetivos, e que os soldados tenham a confiança de realizar suas missões”, concluiu.

Confiança é essencial

Ao combater em situações extremas, cercado por perigos e com tanta coisa que pode dar errado, o combatente individual merece contar com o seu equipamento nesses momentos de necessidade. Do mesmo modo, as forças devem se certificar de que suas tropas podem empregar suas armas de modo confiável e correto, nas condições mais difíceis e nos terrenos mais desafiadores.

A Saab tem como objetivo criar ferramentas que ajudem o combatente a concluir suas missões do modo mais eficaz e seguro possível, garantindo que sempre saiba que tem o que é preciso.

Para mais informações, por favor, entre em contato com:
Saab Press Centre,
+46 (0)734 180 018
presscentre@saabgroup.com
Publicis Consultants:
Cleide Rodrigues
cleide.rodrigues@mslgroup.com
Aline Alves
aline.alves@publicisconsultants.com